Casa São Cristóvão, 1912-2012: um século de serviços sociais em Toronto

O esforço de guerra

O impacto da Segunda Guerra Mundial refletiu-se claramente nas atividades da Casa São Cristóvão nos princípios dos anos 1940. Muitas das famílias do bairro tinham maridos e filhos na guerra, enquanto que novas famílias vindas da Europa destroçada pela guerra começaram a instalar-se no distrito. Os clubes para adultos da Casa concentraram-se em contribuir para o esforço de guerra, organizando eventos para angariação de fundos e enviando dinheiro e cigarros para os seus membros além-mar, enquanto que os jovens patrocinavam bailes para os militares. A guerra também afetou as crianças. À medida que as mulheres foram obtendo emprego durante a guerra, o número de famílias com ambos os pais fora de casa durante o dia fora aumentando significativamente. Entre os anos 1941 e 1942, houve um aumento de delinquência juvenil estimado em cerca de 90%, o que preocupou os assistentes sociais da Casa. Entre 1944-46, o Conselho de Educação de Toronto ofereceu refeições quentes na Casa para crianças cujas mães trabalhavam em indústrias dedicadas ao esforço de guerra.

Atividades para crianças e jovens

Durante os anos 1940 a Casa oferecia várias atividades para crianças. Existiam nessa altura imensos clubes, com nomes como Jive Bombers, The Bing Fans, Club Moonglow e Junior Jamboree. As crianças vinham depois da escola e aos fins-de-semana para praticar atividades desportivas, artes, carpintaria, jogos, teatro e dança, e para usar a Biblioteca, onde eles ficavam “super contentes [por] encontrar um livro sobre o seu [país]” (Relatório Anual, 1940). O Infantário pré-escolar sobreviveu apesar das dificuldades financeiras durante a primeira parte da década, devido aos esforços do grupo de Mulheres Auxiliadoras e da Federação para o Serviço Comunitário. Havia no final de 1941 cinquenta crianças no Infantário e muitos mais na lista de espera. Uma biblioteca de brinquedos, um grupo de fotografia e aulas de ballet foram adicionadas ao programa para crianças em 1946, juntamante com uma Creche Júnior em 1947.

Japoneses-Canadianos desterrados

Após o seu desterro forçado da Colômbia Britânica pelo governo canadiano durante a guerra, muitos Japoneses-Canadianos instalaram-se na baixa de Toronto. Conforme o Relatório Anual de 1945, “Conscientes da discriminação fora do distrito, eles não estão ansiosos em se misturarem com outras pessoas, no entanto, na Casa eles têm orgulho em cooperarem em todas as atividades” (Relatório Anual, 1945). Esse ano, a Casa São Cristóvão fundou um clube para rapazes Japoneses-Canadianos, que formou entretanto a equipa de basquetebol, os Mustang Nisei, que participava na liga Japonesa de Toronto. Em 1950, a equipa venceu o Torneiro Internacional Japonês de Basquetebol organizado em Montreal, e em 1956 ganhou outro torneio de equipas Nisei de Hamilton, Chicago e Cleveland, que decorreu na Casa São Cristóvão.

← Previous Page Next Page →