Casa São Cristóvão, 1912-2012: um século de serviços sociais em Toronto

Em 1965, o casal K. Martin expuseram ao Diretor da Casa São Cristóvão a sua preocupação para com os idosos e demais indivíduos confinados às suas casas. Na Reino Unido, a Sra. Martin havia desenvolvido o programa 'Meals on Wheels' (Refeições ao Domicílio) durante a guerra e estava agora interessada em iniciar um programa semelhante em Toronto. Na primavera desse ano, o Conselho Diretivo estabeleceu o Comité das Refeições ao Domicílio com representantes de agências sociais, do Departamento de Saúde Pública, do Conselho de Planeamento Social, e com cidadãos interessados, enquanto que a Fundação Laidlaw concordou em financiar um projeto piloto de três anos. Oito organizações de mulheres, incluíndo as Mulheres da Igreja Unida, a Liga de Mulheres Católicas, a B’nai B’rith, a Liga Junior, e grupos de mulheres Anglicanas e Unitárias – ao todo, 300 voluntários – disponibilizaram carros, condutores e entregadores. As refeições eram preparadas por estudantes do Departmento de Serviços de Comida do Instítuto Profissional da Província - mais tarde conhecido como o Colégio George Brown. Três anos após a sua introdução na Casa, existiam nove agências de voluntários a oferecer serviços semelhantes; e em 1985, existiam trinta programas de Refeições ao Domicílio na área metropolitana de Toronto.

← Previous Page Next Page →