Casa São Cristóvão, 1912-2012: um século de serviços sociais em Toronto

Em 1913, a Igreja Presbiteriana comprou uma quinta com frente para o Lago Scugog. Tendas com chão de madeira davam guarida a cinquenta crianças e respetivas mães que vinham todos os anos passar duas semanas no campo de férias. Mais tarde, a Canadian Pacific Railway construiu uma pequena estação na sua linha ferroviária para servir o campo. A velho casa da quinta era utilizada como cozinha, espaço de reuniões e habitação para os empregados da Casa. Os campistas passavam o tempo a nadar ou a andar de barco no lago, ou a passear pelas quintas que existiam na área. Nos dias chuvosos entretinham-se num moínho que existia na propriedade. O campo de férias era para as crianças dos bairros pobres uma mudança tremenda das condições insalúbres, abarrotadas e ruidosas da baixa de Toronto.

 

← Previous Page Next Page →